Cirurgia de catarata

(Facoemulsificação)

O que é?

A Catarata é caracterizada pela opacificação do cristalino. Com esta alteração, que freqüentemente é progressiva, a imagem passa a chegar na retina com menor nitidez.

Independentemente da causa, quando a opacificação prejudica consideralvemente a visão, está indicada o procedimento cirúrgico. Na cirurgia da catarata (facoemulsicação), o cristalino opacificado é “emulsificado”, aspirado através de uma pequena incisão, implantando-se em seguida, uma lente intra-ocular para substituí-lo.

Sintomas da Catarata

Os sintomas são variáveis porque há diferentes processos que levam à opacificação do cristalino. No tipo senil, o mais comum, os pacientes notam que a visão vai diminuindo progressivamente e as imagens podem aparecer amareladas e nebulosas, ou ainda, deformadas.

Muitas pessoas acham que necessitam de mais luz para ver claramente e enxergam halos de luz em ambientes escuros. Dependendo do tipo de catarata, pode ocorrer uma mudança do “grau” dos óculos.

Cirurgia da Catarata – Facoemulsificação:

O cirurgião oftalmologista faz uma pequena incisão no olho e, em seguida, introduz o facoemulsificador. Sua ponteira metálica vibra em frequência ultrassônica, fragmentando o cristalino opaco em pedaços bem pequenos e os aspirando ao mesmo tempo.

Lentes Intraoculares

Após a remoção do cristalino que perdeu a transparência, o oftalmologista o substitui por uma lente intraocular (LIO). Uma vez implantada, a lente não precisa ser trocada e a diminuição da necessidade de óculos é, em geral, desfrutada pela grande maioria dos pacientes.

Isto ocorre uma vez que as lentes são selecionadas de maneira a corrigir, o melhor possível, erros refracionais prévios para a distância. Com a evolução das lentes intra-oculares, pode-se diminuir bastante a dependência do óculos de perto também.

 

As lentes intraoculares podem ser:

■ Monofocais
■ Monofocais Tóricas: corrigem o astigmatismo
■ Bifocais
■ Bifocais Tóricas
■ Trifocais
■ Trifocais Tóricas

 

Como é realizado o procedimento cirúrgico?

O procedimento é realizado em centro cirúrgico de forma rápida, segura e indolor. Em geral, a anestesia é local associada à sedação leve, sem a necessidade de internação. O paciente recebe alta no mesmo dia.

 

Após a cirurgia

Os pacientes deverão usar alguns colírios por um período médio de 1 mês e receberão orientações pós-cirúrgicas personalizadas. A recuperação ocorre de forma tranquila e os retornos, rotineiramente, são no dia seguinte à cirurgia, com 7 dias e com 1 mês de cirurgia, sendo marcados outros retornos conforme a necessidade.

Assista ao Vídeo